Posts Tagged ‘ desmatamento ’

Redução do desmatamento da Amazônia evita 1,7 mil mortes por ano

17/09/2015
By partes15
Redução do desmatamento da Amazônia evita 1,7 mil mortes por ano

Elton Alisson | Agência FAPESP – A diminuição do desmatamento da Amazônia e das emissões de fumaça de queimadas nos últimos dez anos tem causado a redução de, em média, 30% da concentração de material particulado (aerossóis), além de ozônio, monóxido de carbono, óxido de nitrogênio e outros poluentes atmosféricos emitidos pelas queimadas durante a estação seca na região Sul do país, além do Paraguai, norte da Bolívia e Argentina. Essa melhoria da qualidade do ar da região pode estar contribuindo para impedir a morte precoce de cerca de 1,7 mil adultos por ano em toda a América do Sul. A estimativa é de um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP), em colaboração com colegas da University of Leeds e da University of Manchester, do Reino Unido, e do Massachusetts Institute of Technology (MIT), dos Estados Unidos. Resultado dos projetos “GoAmazon: interação da pluma urbana de Manaus com emissões biogênicas da floresta amazônica” e “Estudo de propriedades físico-químicas de aerossóis de queimadas e forçante radiativa no experimento SAMBBA – the South American Biomass Burning Analysis”, realizados com apoio da FAPESP, o estudo foi publicado nesta quarta-feira (16/09), na versão on-line da revista Nature Geoscience. “O estudo

Read more »

Colonização e estradas aumentaram desmatamento em Rondônia

17/12/2014
By partes15
Bol_3844A (1)

Área estudada representa cerca de 23% de todo o estado de Rondônia Pesquisa realizada na Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) da USP, em Piracicaba, constata que no estado de Rondônia as proximidade das estradas é o principal fator que estimula o desmatamento. O estudo também analisou como a fragmentação da floresta influenciou a extinção local de espécies de mamíferos de médio e grande porte, e alterações na qualidade da água dos riachos locais. As análises e levantamentos compõem a tese de doutorado do ecólogo Rodrigo Anzolin Begotti. “Ao todo foram cerca de quatro anos e meio de estudos e análises de uma área de aproximadamente 55 mil quilômetros quadrados, por meio de imagens de satélite da família Landsat referentes ao período de 1975 a 2011”, conta. A área estudada, segundo o cientista, representa cerca de 23% de todo o estado de Rondônia. Ali existem mais de 12 mil quilômetros de estradas de terra e pavimentadas. “Vale lembrar que o desmatamento de florestas tropicais é uma das principais fontes de emissão de gases do efeito estufa”, ressalta. Begotti também avaliou como o que restou da floresta influenciou na qualidade da água dos riachos. “Neste caso, analisamos 21 parâmetros

Read more »

CIDADES VERDES

26/02/2012
By partes15
CIDADES VERDES

Imagem Divulgação Reinaldo Franco é presidente da APRPP.   Por : Reinaldo Franco  Nos últimos tempos, temos ouvido falar muito em “cidades verdes” como sinônimo de cidades sustentáveis, mas o conceito de desenvolvimento sustentável traz em si características, não apenas de respeito ao meio ambiente como também formas de atuação economicamente viável e socialmente justa. No aspecto ecológico, devemos fazer um uso mais racional de nossos recursos naturais, como o consumo de energias renováveis, a redução de poluentes e de resíduos, além, é claro, da proteção ambiental. No viés econômico, temos que adotar uma gestão mais eficiente de nossos recursos financeiros, sejam eles públicos ou privados. Precisamos de um fluxo contínuo de investimentos públicos e privados para prover as plataformas de sustentabilidade e promover melhor distribuição de renda. E no social, incentivar a construção de uma sociedade mais justa, mais equilibrada, com melhor qualidade de vida, mais saúde e com a criação de oportunidades de educação e emprego. Dentro dessas premissas, nosso grande desafio é promover o desenvolvimento sustentável, ou seja, crescer de forma ordenada, planejada, levando em conta o futuro desta e das gerações que virão. E, acreditem, o problema não está lá fora, no vizinho. Faz parte de nossa

Read more »

Desmatamento em junho de 2008

30/07/2008
By partes15

Comentários de Roberto Smeraldi – diretor da OSCIP Amigos da Terra – Amazônia Brasileira – a respeito da divulgação das estimativas preliminares sobre desmatamento em junho de 2008. “Ambos os sistemas (DETER/INPE e SAD/IMAZON) apontam para aumento no desmatamento consolidado neste ano (entre agosto/07 e junho/08) em relação ao período anterior: o que muda é a proporção no aumento, 99% no caso do DETER e 9% no caso do SAD. Em parte, esta diferença pode ser explicada pela metodologia mais conservadora do SAD. De qualquer forma, nesta altura não há mais como reverter o quadro de aumento. É alarmante a volta do desmatamento à região da BR-163, principalmente nos municípios de Novo Progresso e Itaituba, algo que havia sido interrompido depois da criação de um mosaico de unidades de conservação e de um “distrito florestal” em 2006. É inédito o fato que o desmatamento esteja ocorrendo quase completamente dentro das unidades, principalmente parques nacionais e florestas nacionais, inclusive ameaçando o futuro uso sustentável das mesmas. Finalmente, confirma-se grave a situação no município de Porto Velho (RO), apesar do estoque relativamente baixo de florestas ali remanescentes, o que decorre da invasão de terras públicas vinculadas à expectativa de construção das usinas

Read more »

Minc: “Não haverá mais nenhum tostão para desmatar”

29/05/2008
By partes15

Bonn, Alemanha, 29 de maio de 2008 – O novo ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, reafirmou hoje que, a partir de 1º de junho, nenhuma propriedade com situação fundiária ou ambiental irregular no bioma Amazônia receberá créditos públicos ou privados. A medida faz parte de um pacotão ambiental anunciado hoje na reunião ministerial da conferência da ONU sobre Biodiversidade (CDB) em Bonn, na Alemanha, onde fez sua estréia como ministro no primeiro grande evento internacional. “Não haverá crédito para desmatar”, ele afirmou durante coletiva de imprensa. Minc anunciou também que, a partir de 15 de junho, todas as empresas siderúrgicas, empreendimentos agropecuários e madeireiras serão intimados a entregar para o Ibama (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais) a lista de seus fornecedores para cumprir a lei que co-responsabiliza os grandes compradores por crimes ambientais. “Vamos aumentar o controle de toda a cadeia de produção”, disse ele. “A manutenção da restrição ao crédito a quem desrespeita critérios ambientais é muito importante como sinalização clara de que o governo está disposto a enfrentar a retomada do desmatamento e para ajudar a reforçar o processo de cidadania. Num país onde as leis não são respeitadas e medidas anunciadas são

Read more »

Desmatar é o remédio…

26/04/2008
By partes15

Em entrevista à Folha de S. Paulo, neste sábado, 26 de abril, o governador de Mato Grosso, Blairo Maggi (PR-MT) avaliou que será preciso encontrar uma “posição intermediária” que assegure o aumento da produção agrícola.“Com o agravamento da crise de alimentos, chegará a hora em que será inevitável discutir se vamos preservar o ambiente do jeito que está ou se vamos produzir mais comida. E não há como produzir mais comida sem fazer a ocupação de novas áreas e a retirada de árvores.”Durma-se com uma declaração desta!!!!!

Read more »

 

abril 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Pod água

Contribua

Publicidade